BOM INDÍCIO - CNI diz que atividade industrial cresce pelo segundo mês consecutivo | Noticias Tudo Aqui!

BOM INDÍCIO - CNI diz que atividade industrial cresce pelo segundo mês consecutivo

Compartilhe:

Pesquisa aponta que houve aumento de 9,3% no faturamento real do setor em junho frente a maio deste ano

 

A atividade industrial brasileira cresceu pelo segundo mês consecutivo em junho, de acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira (5) pela CNI (Confederação Nacional da Indústria). 

A pesquisa aponta que houve aumento de 9,3% no faturamento real, 8,8% na massa salarial, 8,1% no rendimento médido real do trabalhador, 6,8% nas horas trabalhadas na produção e de 0,2% no emprego. O crescimento do emprego, ainda que pequeno, interrompe uma sequência de quatro quedas. Todos os dados são de junho deste ano em relação ao mês anterior.

Apesar dos resultados em junho comparado a maio, o crescimento ainda não foi suficiente para reverter a queda acumulada pelo setor em março e abril. A CNI diz que "o faturamento real encontra-se 10% abaixo do registrado em fevereiro e as horas trabalhadas caíram 10,5% na mesma base de comparação". 

A UCI (Utilização da Capacidade Instalada) aumentou 1,8 ponto percentual em junho, frente a maio, atingindo 72%. O índice havia acumulado queda de 11,8 ponto percentual em março e abril e cresceu 3,3 ponto percentual em maio.

O índice está 6,7 ponto percentual abaixo do registrado em fevereiro.

Primeiro semestre negativo

A atividade industrial ficou negativa no primeiro semestre de 2020, já que ainda não recuperou o tombo de abril, no auge do isolamento social, devido à covid-19.

Entre janeiro a junho, o faturamento real encolheu 7,1% e a renda média caiu 3,5%. As horas trabalhadas foram 9,1% menor e o emprego caiu 2,4%.

O gerente-executivo de Economia, Renato da Fonseca, afirma que os indicadores industriais identificam, mensalmente, a evolução de curto prazo da atividade industrial, mais especificamente da indústria de transformação. Os estados pesquisados respondem por mais de 90% do produto industrial brasileiro. 


 Comentários
Noticias da Semana
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui