4º HILDON EM 4 TEMPOS – “Não tenho PF, MP e Tribunal de Contas na minha cola” | Notícias Tudo Aqui!

4º HILDON EM 4 TEMPOS – “Não tenho PF, MP e Tribunal de Contas na minha cola”

Compartilhe:

 

O prefeito Hildon Chaves encerra a entrevista concedida ao noticiastudoqui.com falando sobre a atuação da Prefeitura durante a Pandemia do novo Coronavírus, do forum Amazônia+21, queimadas e, naturalmente, acerca da campanha eleitoral pela qual busca um segundo mandato à frente do executivo de Porto Velho, Capital de Rondônia. 

O governo e a Pandemia

- Nós perdemos vidas assim como todo mundo. Mas nos saímos bem. Não tenho Polícia Federal, nem Ministério Público e nem Tribunal de Contas na minha cola.

- Comentar jogo jogado é fácil. Chega a ser covardia. Mas estamos com 98% de aprovação da Transparência Nacional sobre a nossa conduta e os nossos gastos com o Covid-19.

- Não chegamos nem perto da tragédia que aconteceu em Manaus, Belém, Macapá e Rio Branco. Mas não perdemos na UPA’s nem um paciente por falta de intubação. E implantamos o 1º Call Center da Região Norte que chegou a fazer mais de mil atendimentos em cada 24 horas.

Falando sobre o Amazônia+21

 

- Não adianta se discutir e fazer acordos sobre a Amazônia em Paris, Amesterdã ou em Londres sem ouvir os povos amazônicos. Isso tem que ser discutido aqui.

- O Amazônia+21 nasceu de uma parceria da Prefeitura com a Federação das Indústrias. E era para ser presencial. Mas aí veio a Pandemia.

- Fizemos a abertura em Brasília com a presença do vice-presidente da República Hamilton Mourão, no auditório da CNI. A partir do dia 4 de novembro começa o fórum e devo ter mais uma participação. É possível que o presidente Jair Bolsonaro participe.

- A partir da abertura, o Amazônia+21 teve repercussão mundial. E a ideia é que se transforme em um fórum permanente de discussão, até porque ninguém tem a receita do que fazer com a Amazônia, onde reside 34 milhões de habitantes dos quais 25 milhões estão na Amazônia brasileira. 

Sobre queimadas

- A Prefeitura tem um papel concorrente voltado mais para as queimadas urbanas.

Sobre reeleição

- Temos obras em andamento que transcende a esse mandato. E que podem ter continuidade ou não, dependendo do prefeito que vem.

- Qualquer prefeito que estiver apto à reeleição deve por seu nome para a população e não se acovardar.

- O ano que vem vai ser muito difícil. Sem Auxilio Emergencial sem nada. A Prefeitura vai perder em torno de 60 a 70 milhões de Reais. Por isso é importante que o prefeito atual esteja no cargo. Um novo prefeito vai levar até dois aos para se achar no cargo.

- Em plena turbulência, é melhor continuar com o comandante desse barco que conhece o barco, sabe onde pode aparecer furos e sabe como fazer a travessia.

Veja a matéria completa no vídeo a seguir:

Fonte: noticiastudoaqui.com

 

 

 

 

 


 Comentários
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui