BOLSONARO PAZ E AMOR - Poderes são “um só corpo” e “bom entendimento é alegria do povo” diz o presidente em mais um gesto de pacificação | Notícias Tudo Aqui!

BOLSONARO PAZ E AMOR - Poderes são “um só corpo” e “bom entendimento é alegria do povo” diz o presidente em mais um gesto de pacificação

Compartilhe:

 

Em mais um gesto de pacificação, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta 3ª feira (14.set.2021) que os 3 Poderes são “um só corpo” e que o “bom entendimento” entre eles é “a alegria do povo”. Deu a declaração em premiação do governo que homenageou representantes do Executivo, Legislativo e Judiciário.

Esse prêmio, esse simples troféu é um reconhecimento a todos vocês pela colaboração com o governo e com o Brasil. O que seria do Executivo sem o Senado, sem a Câmara, e também e porque não dizer, em muitos momentos, sem o nosso Supremo Tribunal Federal. Nós somos um só corpo, o nosso bom entendimento é a alegria do nosso povo”, declarou.

Nesta tarde, o presidente, a primeira-dama Michele Bolsonaro e o ministro das Comunicações, Fábio Faria, entregaram o Prêmio Marechal Rondon de Comunicações para mais 40 autoridades.

Não tem como nós não acreditarmos no futuro dessa nação. Tendo aí o Legislativo, tendo o Judiciário cada vez se entendendo mais para o bem comum de todos nós”, disse Bolsonaro.

O prêmio foi entregue a ministros do governo, congressistas, 5 ministros do TCU (Tribunal de Contas da União) e ao ministro Dias Toffoli do STF (Supremo Tribunal Federal). Os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), também receberam a premiação.

Relator do leilão do 5G, o ministro Raimundo Carreiro, do TCU, também recebeu a premiação, assim como o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) que também foi agraciado. Bolsonaro recebeu uma versão dourada do prêmio, enquanto as demais autoridades receberam um troféu prata.

PREMIAÇÃO

O prêmio foi instituído em uma portaria de abril deste ano. A premiação “se destina a homenagear autoridades, personalidades, instituições ou entidades, campanhas, programas ou movimentos de cunho social, civis ou militares, nacionais ou estrangeiros”. São 4 categorias para “destaques” nas áreas de Telecomunicações, Radiodifusão, Serviços Postais e Comunicação Social.

O prêmio também pode ser uma homenagem post mortem e, nesse caso, será entregue ao cônjuge, familiar ou pessoa devidamente designada pela família.

Conhecido como Marechal Rondon, Cândido Mariano da Silva Rondon, dá nome ao prêmio. Ele também é homenageado no Dia Nacional das Telecomunicações, data comemorada no dia de seu aniversário, 5 de maio.

Leia as autoridades premiadas:

  • Corolina Scherer, consultora jurídica do Ministério das Comunicações;

  • Glen Valente, diretor da EBC (Empresa Brasil de Comunicação);

  • Márcio Novaes, presidente da Abratel (Associação Brasileira de Rádio e Televisão);

  • Flávio Lara Resende, Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão);

  • Leonardo Euler de Morais, presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações);

  • Artur Coimbra, secretário de Telecomunicações;

  • Maximiliano Martinhão, secretário de Radiodifusão;

  • Flávia Duarte, secretária executiva adjunta do Ministério das Comunicações;

  • Jarbas Valente, presidente da Telebras;

  • Martha Seillier, secretária especial da Secretaria do Programa de Parcerias de Investimentos.

  • André Costa, secretário especial de Comunicação Social;

  • Floriano Peixoto, presidente dos Correios;

  • Fausto Ribeiro, presidente do Banco do Brasil;

  • Estella Dantas, secretária executiva do Ministério das Comunicações;

  • Ministro Walton Alencar, do TCU;

  • Ministro Vital do Rêgo, do TCU;

  • Ministro Raimundo Carreiro, do TCU;

  • Ministro Jorge Oliveira, do TCU;

  • Ministro Bruno Dantas, vice-presidente do TCU;

  • Senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ);

  • Pedro César Nunes, subchefe de Assuntos Jurídicos da Presidência;

  • Deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP);

  • Deputado Cezinha da Madureira (PSD-SP);

  • Senador Davi Alcolumbre (DEM-AP);

  • Senador Fernando Bezerra (MDB-PE), líder do Governo no Senado;

  • Almirante Flávio Rocha, secretário de Assuntos Estratégicos;

  • Célio Faria Júnior, chefe do gabinete pessoal do presidente;

  • Ministro Dias Toffoli, do STF;

  • Ministro Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional);

  • Ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria Geral);

  • Ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos);

  • Ministro Gilson Machado (Turismo);

  • Ministro Marcelo Queiroga (Saúde);

  • Ministro Onyx Lorenzoni (Trabalho e Previdência);

  • Ministro Milton Ribeiro (Educação);

  • Ministro João Roma (Cidadania);

  • Ministro Tarcísio de Freitas (Infraestrutura);

  • Ministro Braga Netto (Defesa);

  • Ministro Ciro Nogueira (Casa Civil);

  • presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL);

  • presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG);

  • presidente Jair Bolsonaro;

  • primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

(Poder360) 


 Comentários
Noticias da Semana
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui