LÍNGUA DE FOGO – Sombras ameaçam Rondônia, e não é chuva, mas podem virar temporal | Notícias Tudo Aqui!

LÍNGUA DE FOGO – Sombras ameaçam Rondônia, e não é chuva, mas podem virar temporal

Compartilhe:

 

O governador Marcos Rocha é dos executivos mais bem avaliados de Rondônia nos últimos tempos. E constrói uma trajetória política cheia de marcas de ineditismo que nenhum outro conseguiu. Existe item que nem Teixeirão obteve.

Na metade do 2º mandato, Rocha conta com um patrimônio político que lhe permite ir em qualquer, lugar dentro e fora do estado, sempre bem recebido. Algo inimaginável quando se lançou candidato e até mesmo quando começou a governar, com uma equipe na maioria, novatos, e poucos experientes herdados do governo anterior.

Mas sombras negras estão presentes neste céu político de Rondônia, que, pelos primeiros raios, ameaçam se transformar numa tempestade que poderá atingir, também, outros poderes.

E pior: poderá causar graves danos ao projeto político do coronel carioca, que, por obra e graça da sua amizade com o ex-presidente Jair Bolsonaro, saiu de zero mandato de qualquer coisa, direto para a cadeira de executivo do mais progressista estado da Região Norte.

Ele, agora, mira o Senado da República. Mas estão surgindo pedras no caminho.

Mesmo após quase triplicar o orçamento e a arrecadação do estado em menos de oito anos, levantamento nacional, desta semana, aponta que Rondônia fechará as contas de 2024 no vermelho.

Será por isso que pediu autorização da Assembleia Legislativa para obter empréstimo externo, endividando o estado? No que gastou que saiu do controle?

Mas não é só isso. O Tribunal de Contas de Rondônia, sempre cordato com o governador, parece que perdeu a paciência e deflagrou uma operação contra irregularidades na Secretaria de Estado da Saúde, por falhas e erros identificados e apontados, pela Corte de Contas, que não foi levado a sério. Agora a cobrança toma outro rumo.

Sabemos como isso começa, mas nunca se sabe como termina. Só para lembrar: a Justiça brasileira está aparelhada e orientada pelo STF/TSE e, especialmente, pelo ministro Alexandre de Moraes. E Marcos Rocha é da direita, bolsonarista. Quer perigo maior?

O que equilibra a balança, é a locupletação do erário público, de forma patrimonialista, pelos juízes do Poder Judiciário do Estado de Rondônia, distribuindo milhões de reais aos seus membros, em clara imoralidade denunciada pela imprensa do país inteiro.

Até agora, ninguém se pronunciou. Estão caladinhos. Mas provam que, naquele Poder, o dinheiro está sobrando.

Como vem sobrando também, no Poder Legislativo que, por não ter mais onde gastar ou aplicar, vem devolvendo recursos a cada ano, ao Poder Executivo, sob a alegação de economia com cortes de gastos. Tá!

Então, não há porque falar que Rondônia está no vermelho. Será que o levantamento nacional é Fake News? Só o governo poderá provar o contrário. E é o que se espera.

É do que trata o ‘Língua de Fogo’ de hoje. Veja o vídeo, a seguir, e faça o seu próprio juízo. Aproveite e se inscreva na página noticiastudoaqui no youtube, e acompanhe, também, outros conteúdos como o podcast ‘Sem Papas na Língua’ que é publicado e vai ao ar toda segunda-feira às 17hs30.

Fonte: noticiastudoaqui.com                              


 Comentários
Noticias da Semana
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui