LULA SE DESESPERA - Por decisão unânime, Copom mantém taxa de juros em 10,50% ao ano | Notícias Tudo Aqui!

LULA SE DESESPERA - Por decisão unânime, Copom mantém taxa de juros em 10,50% ao ano

Compartilhe:

 

 

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (19) manter a taxa básica de juros, a Selic, em 10,50% ao ano. Apesar da pressão do governo Lula, o Copom interrompeu o ciclo de cortes da Selic por unanimidade.

Desde agosto do ano passado, o colegiado vinha reduzindo a taxa em 0,5 ponto percentual. Em maio, o BC desacelerou o ritmo, fixando a redução em 0,25 ponto percentual, o que na ocasião dividiu a diretoria da autoridade monetária.

“O Comitê, unanimemente, optou por interromper o ciclo de queda de juros, destacando que o cenário global incerto e o cenário doméstico marcado por resiliência na atividade, elevação das projeções de inflação e expectativas desancoradas demandam maior cautela”, afirmou o BC em nota.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, vem sendo alvo de críticas do presidente Lula (PT), que pressiona por uma maior redução da taxa de juros.

“Um presidente do BC que não demonstra nenhuma capacidade de autonomia, que tem lado político e que na minha opinião trabalha muito mais para prejudicar o país do que ajudar, porque não tem explicação a taxa de juros do jeito que está”, disse Lula em entrevista à Rádio CBN nesta terça-feira (18).

Horas antes da decisão sobre a Selic, o PT protocolou uma ação na Justiça contra Campos Neto por suposta atuação “político-partidária”. Além disso, a Executiva Nacional do partido chamou a direção do BC de “bolsonarista” e acusou a cúpula do banco de fazer “escancarada sabotagem ao crédito, ao investimento e às contas públicas”.

(conexão politica)


 Comentários
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui