SINDLER ATIVO - Responde a Paulo Guedes e age junto ao presidente do Senado | Noticias Tudo Aqui!

SINDLER ATIVO - Responde a Paulo Guedes e age junto ao presidente do Senado

Compartilhe:
 

Mesmo com as portas fechadas em função da quarentena imposta em função da Pandemia do Coronavírus, o Sindicato dos Servidores dos Poderes Legislativos do Estado de Rondônia (Sindler), não está parado. Sua diretoria colegiada acompanha os fatos e, com especial interesse, aqueles que dizem respeito aos interesses dos seus associados.

Assim, a diretoria sob a coordenação geral de Rubens Luz, reagiu e consignou apoio à Nota de Repúdio exarada pela Federação Nacional dos Servidores dos Poderes Legislativos Federal, Estaduais e do Distrito Federal (Fenale), reagindo a fala infeliz do Ministro Paulo Guedes, da Economia, afirmando que “servidor público não vai ficar em casa trancado, com a geladeira cheia, assistindo à crise, enquanto milhões de brasileiros estão perdendo o emprego”.

Na Nota de Repúdio, a Fenale, com o apoio do Sindler e outros sindicatos, reagiu pontuando que “a declaração do ministro Paulo Guedes, fere a honra do servidor público como agente público e afronta sua dignidade como pessoa”.

O documento registra ainda a “indignação dos servidores com ameaça de cortes salariais ou congelamentos por 18 meses, sem levar em conta a recuperação das perdas que trarão transtornos” aos trabalhadores.

Todos estes fatos ocorreram recentemente.

Veja a seguir, o documento na íntegra:       

Da mesma forma, o Sindler se posicionou junto à Fenale, apoiando documento enviado ao presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, solicitando que seja pautada a votação, em regime de urgência, do Projeto de Lei nº 4198/2019 que, se aprovado, isentará de continuar pagando Imposto de Renda, o contribuinte do Regime Geral de Previdência Social, a partir de 60 anos de idade.

Veja o documento inteiro:

Fonte: noticiastudoaqui.com


 Comentários
Noticias da Semana
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui