ELEIÇÕES2018 – Conheça os 11 pré-candidatos ao senado por Rondônia | Noticias Tudo Aqui!

ELEIÇÕES2018 – Conheça os 11 pré-candidatos ao senado por Rondônia

Compartilhe:

Nas eleições deste ano, o eleitor votará duas vezes para senador. É que dessa vez, o Senado da República será renovado em 2/3 dos seus 81 senadores. Estão em disputa as cadeiras dos senadores Valdir Raupp e Ivo Cassol. Acir Gurgacz ainda tem mais 4 anos de mandato.

Assim, entre os cargos majoritários,as duas vagas abertas no Senado da República são as que mais chamam a atenção, despertam cobiça e atraem nomes de todos os naipes e partidos.

Por essa razão, 11 cidadãos rondonienses estão de olho e dispostos a conquistar as duas cadeiras que representam o Estado de Rondônia no Senado Federal. Em seguida, listamos todos eles para que você comece a formar sua avaliação e juízo.

Lideram essa pretensão os candidatos do MDB, Valdir Raupp e Confúcio Moura seguidos de Jesualdo Pires, pelo PSD e o sempre apontado e indefinido Expedito Junior, do PSDB. Agora, afirmam alguns, que ele optou por ser o candidato a governador encabeçando um aglomerado de partidos que comporão um frentão.

Não menos importante é o deputado federal Marcos Rogério, do Dem, que dizem, está disposto a abdicar de reeleição apontada como certa, para encarar a disputa por uma das cadeiras do Senado.

Na última semana, anunciam arautos do PP, entrou nessa disputa oex-deputado federal Carlos Magno, de Ouro Preto D’Oeste que, mesmo com saúde frágil, foiindicado – imposto, segundo alguns – por Ivo Cassol, presidente do PP e seu líder político.

E a ex-senadora Fátima Cleide, do PT, completa essa lista de pesos pesadosda política rondoniense na briga por uma das duas cadeiras de senador em disputa.

Mas existem outros personagens que poderão surpreender. É o caso do pastor Aloysio Vidal, da Rede Sustentabilidade que, em disputas anteriores, não ganhou mas saiu bem avaliado pelo eleitorado, com condições de retornar à arena e, quem sabe, sair vitorioso.

Além destes, ainda estão correndo, paralelamente, o pastor Edésio Fernandes, do PRB; o delegado Pedro Mancebo, do Podemos e o ex-vereador Bosco da Federal.

E finalmente, o advogado Caetano Neto, também do Podemos. Este, ao que indica, desistiu, pois está fazendo programa de rádio, coisa proibida desde dia 1º de julho, para quem pretende disputar cadeira eletiva nesta eleição.

  

Fátima Cleide, quer voltar e Rogério quer subir.

 

 

Pastor Vidal está insistindo e o Pastor Edésio está começando.

 

O delegado Bosco gosta de política e o advogado Caetano, fica entre a política e a comunicação.

 

 

Fonte: noticiastudoaqui.com 


 Comentários
Noticias da Semana
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui