O TERROR AO VIVO - Russo é morto em ataque de tubarão no Mar Vermelho, no Egito; veja vídeo | Notícias Tudo Aqui!

O TERROR AO VIVO - Russo é morto em ataque de tubarão no Mar Vermelho, no Egito; veja vídeo

Compartilhe:

Depois do ataque, o tubarão foi capturado e, de acordo com as autoridades locais, ele será examinado para tentar identificar os motivos do raro ataque

 

Turistas filmaram o momento em que um homem russo foi atacado por um tubarão, nesta quinta-feira (8/6), enquanto nadada no Mar Vermelho, na praia em frente ao hotel Dream Beach, em Hughada, no Egito. Confira o vídeo: 

O consulado da Rússia em Hughada identificou o homem como cidadão russo chamado Vladimir Popov. O cônsul-geral da Rússia em Hurghada, Viktor Voropayev, disse à agência de notícias estatal russa Tass, que a vítima do ataque nasceu 1999 e estava morando no Egito.

O vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que o tubarão circula o homem na água. O animal o ataca repetidas vezes até puxar o russo para as profundeza. Segundos depois do homem desaparecer, o vídeo mostra que um barco com salva-vidas chega ao local.

Segundo as autoridades russas, o pai da vítima estava na praia no momento do ataque e Popov gritou por ele enquanto lutava para escapar do tubarão. Uma mulher identificada nos relatórios da mídia russa como a namorada de Popov teria conseguido nadar e escapar.

Autoridades capturaram o animal

O Ministério do Meio Ambiente do Egito disse que o homem morreu na hora, vítima do ataque de um tubarão-tigre nas águas próximas à cidade de Hurghada. As autoridades fecharam um trecho de 74 km do litoral, que permanecerá interditado até domingo — sem permissão para banho de turistas, mergulho com snorkel e outras atividades de esportes aquáticos.

Depois do ataque, o tubarão foi capturado e, de acordo com as autoridades locais, ele será examinado em laboratório para tentar identificar os motivos do raro ataque.

Em uma declaração publicada no canal oficial da Tass no aplicativo de mensagens Telegram, o consulado pediu aos turistas russos que ficassem atentos quando estivessem na água e que aderissem estritamente a quaisquer proibições de natação impostas pelas autoridades locais.

Os ataques de tubarão são raros na região. No entanto, em 2022, duas mulheres , uma austríaca e outra romena, morreram em um pequeno intervalo de dias em ataques em Hughada.

(estadodeminas)


 Comentários
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui