LÍDER DO CRIME DÁ AULA NO SENADO - “Para consolidar a democracia”, Dirceu invoca “revolução social” | Notícias Tudo Aqui!

LÍDER DO CRIME DÁ AULA NO SENADO - “Para consolidar a democracia”, Dirceu invoca “revolução social”

Compartilhe:

Petista discursou na tribuna do plenário do Senado Federal

 

Utilizando como palanque a tribuna do plenário do Senado Federal, o ex-ministro de Lula, José Dirceu, invocou uma revolução social no Brasil sob pretexto de “consolidar a democracia no país”.

O petista discursou no Senado, nesta terça-feira (2), em cerimônia presidida por Randolfe Rodrigues (sem partido-AP).

– A democracia está em risco, porque não se fizeram as reformas estruturais, porque não há uma democracia social. Quando a democracia social deixa de existir, a democracia institucional política corre o risco. Então, nosso papel para consolidar a democracia é fazer uma revolução social no Brasil – disse Dirceu.

De acordo com o petista, tal revolução social teria como objetivo “desconcentrar” a renda, a propriedade e a riqueza, de modo geral.

Em seu pronunciamento, Dirceu também enquadrou os militares das Forças Armadas ao dizer que “não basta a despolitização e a volta ao quartéis”, já que “o comprometimento das Forças Armadas com o governo Bolsonaro e com 8 de janeiro está aí”.

– Tanto é que agora passam a ser investigados mais de 60 militares de altas patentes. Cada vez mais, os militares acumulam poderes – declarou.

(pleno.news)


 Comentários
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui