O vai e volta da pandemia | Noticias Tudo Aqui!

O vai e volta da pandemia

Compartilhe:

 

Diante de números crescentes de infectados pelo novo corona vírus (Covid-19) em Rondônia, a audiência realizada pelo Tribunal de Justiça nesta segunda-feira (29) reuniu partes interessadas, em especial o governo do Estado, o prefeito de Porto Velho, empresários e representantes da sociedade em vários segmentos.

O que pude perceber é que todos nós tememos a morte de muitos CNPJ´s como já está acontecendo, com várias lojas do Shopping que nem irá reabrir as portas e outras que já fecharam mesmo no centro da capital. E junto com os CNPJ morrem vários CPF. São pais e mães de família que de uma hora para outra ficam sem seus empregos. Posso dizer com propriedade, pois sou um dos atingidos indiretamente pela Covid.

Quero deixar claro que sou sim favorável a reabertura parcial do comércio. Evidentemente seguindo todos os protocolos de segurança tanto para o empresário e seus funcionários, como para os clientes. sou contrário a reabertura de alguns segmentos como academias, por exemplo.

Mas mesmo assim é imperioso que o governo tenha pulso e evite festas, churrascos, etc, multando e até prendendo quem age desta forma, pedindo a ajuda da população para que denuncie tais encontros, pois tenho visto e presenciado vizinhos com algazarras, festas que varam a madrugada e sem poder fazer nada, pois simplesmente a polícia não pode prender nem multar.

O pior é que muitos desses que desrespeitam as regras do isolamento são os mesmos que reclamam depois que não tem atendimento, não tem leito, não tem testes. Ou pior, se contaminam e levam o vírus para dentro de suas casas, carregando o perigo para seus familiares e até pessoas com comorbidades o que pode gerar internações, necessidade de UTIs e até óbitos.

A população tem de entender que as autoridades de saúde sabem e tem ciência de que grande parte da população irá se infectar, mas o isolamento é para que se retarde o crescimento do número de casos, ou que sejam espaçadas, garantindo vagas no sistema de saúde para todos que necessitarem.

Portanto, cabe não só ao governo ou a prefeitura tomar alguma atitude, mas também à população, a grande responsável pelos aumentos de contaminados, a postura que se espera. Infelizmente muitas pessoas não entenderam que o isolamento em casa não é para ficar fazendo festinhas, encontros e baladinhas. Isolamento social é afastamento. O nome é auto-explicativo.

Caberá assim ao prefeito e governador terem postura para determinar regras mais rígidas a todos e fazê-las cumprir. E a população, ter a dignidade que se espera dela. Se todos cumprirem com suas responsabilidades sairemos rapidamente e mais fortalecidos disso tudo. É o que todos esperamos. Em 14 dias é o que veremos.

Autor: Geovani Berno


 Coment谩rios
Noticias da Semana
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui