Advogado Valnei Rocha vai propor a criação de uma Comissão Permanente para fiscalizar os atos e contratos celebrados pelo Município de Porto Velho | Noticias Tudo Aqui!

Advogado Valnei Rocha vai propor a criação de uma Comissão Permanente para fiscalizar os atos e contratos celebrados pelo Município de Porto Velho

Compartilhe:
ColunistaValdemir Caldas

O advogado e candidato à Câmara de Vereadores de Porto Velho, Valnei Rocha (PDT), disse que, uma de suas primeiras providências, logo que assumir o mandato, será a criação de uma Comissão Permanente para fiscalizar todos os atos e contratos celebrados pelo Município, e que atuará também de maneira intensa, fiscalizando o uso dos recursos públicos, inclusive o dinheiro destinado à Câmara Municipal, com o objetivo de evitar gastos supérfluos. O dinheiro economizado, segundo ele, será destinado às áreas da saúde e da educação.

Valnei destacou, ainda, a importância de ter um canal de comunicação direto entre seu gabinete e a população. Por isso, adotará um cronograma de trabalho para ouvir e acompanhar as necessidades de cada bairro, distrito ou comunidade. A ideia é organizar as reivindicações mais urgentes, garantindo, assim, que os recursos usados sejam aproveitados de maneira inclusiva, com um orçamento planejado que atenda a todos, sem discriminar ninguém, pois, como advogado, que atua há vários anos na defesa de interesses dos mais diversos segmentos da população, principalmente das famílias mais carentes, conhece de perto a realidade de cada setor.

Os profissionais da educação serão valorizados, com cursos de capacitação, para melhor desempenhar suas atividades. Valnei promete lutar para diminuir a superlotação nas salas de aula, com a criação de novas unidades. Garantir melhores condições de trabalho para os profissionais da saúde é uma das preocupações do candidato, assim como a criação de mecanismos para fomentar a geração de emprego e renda. Os pequenos produtores serão beneficiados com programas e ações, que assegurem melhor rentabilidade e redução de custos. Ele vai apresentar projetos de lei que contribuam para promover a pesca profissional e artesanal, além de recomendar a elaboração de convênios com entidades do terceiro setor, sindicatos e associações, para oferecerem cursos de qualificação às comunidades, visando inseri-las no mercado de trabalho.

Por Valdemir Caldas


 Comentários
Noticias da Semana
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui