PROFISSÃO PERIGOSA - Brasil é o país com maior número de jornalistas mortos por covid, diz Fenaj | Notícias Tudo Aqui!

PROFISSÃO PERIGOSA - Brasil é o país com maior número de jornalistas mortos por covid, diz Fenaj

Compartilhe:

 

O Brasil  é o país que registrou o maior número de jornalistas mortos por covid-19 no mundo. Foram 169 mortes registradas de abril de 2020 a março de 2021, superando o Peru, que registra pouco menos de 140 mortes.

O dado faz parte do dossiê “Jornalistas vitimados por covid-19” elaborado pela Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) e divulgado nesta 3ª feira (6.abr.2021). Eis a íntegra (2MB). .

O estudo também mostra que em 3 meses o número de mortes em 2021 supera todo o ano de 2020, quando foram registradas 78 mortes de abril a dezembro. Em 2021, são 86 vítimas, percentual 8,6% maior que no total de 2020.

O relatório também aponta que a média de mortes por mês passou de 8,5 por mês em 2020, para 28,6 mortes por mês em 2021, aumento de 264% no número médio de vítimas.

O 1º caso de morte por covid-19 entre jornalistas no Brasil foi registrada em abril de 2020, mês em que 7 profissionais perderam a vida. O número se manteve relativamente constante até outubro. Novembro e dezembro apresentaram elevação na curva de vítimas, tendência que se confirmou em janeiro.

(Poder360)


 Comentários
Noticias da Semana
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui