FRANCISCO SALLES de AZEVEDO - Ou simplesmente CHICO SALLES! | Notícias Tudo Aqui!

FRANCISCO SALLES de AZEVEDO - Ou simplesmente CHICO SALLES!

Compartilhe:
ColunistaAssis Canuto

Sou o responsável pela vinda do Chico Salles para o Território de Rondônia!

Nos idos de l972 estava em Brasília a trabalho e chegaram na sede do INCRA três jovens típicos nordestinos procurando serviço.

Eram todos os três, técnicos agrícolas firmados no Rio Grande do Norte; um era o Chico Salles, um outro era o Francisco Joca é o outro era o Francismar.

Conversei com os três e já, ali mesmo, contratei os caras para trabalharem comigo nos projetos de colonização de Rondônia!

Vieram aos trancos e barrancos do Nordeste até Brasília e traziam uma carta de apresentação do Deputado Federal Vinght Rosado do RN, na qual solicitava “as autoridades que dela tomasse conhecimento, fizesse o possível para ajudá-los a conseguir um emprego” ... assim os contratei!

Ao chegarem em Rondônia, exatamente no Projeto Integrado de Colonização Ouro Preto, designei o Salles para permanecer em Ouro Preto; o Joca, mandei para o PIC Gy Paraná, que estávamos iniciando, onde hoje é a bela e rica cidade de Cacoal e, o Francismar, encaminhei para PIC Sidney Girão, que já estava sendo implantado onde hoje é a cidade rainha Nova Mamoré!

Hoje vamos falar do Salles; embora dos outros dois muito e bem pôde-se falar também!

Mas do Salles porque, para tristeza nossa, ele nos deixou no dia de ontem para habitar no Reino do Senhor!

O Salles começou a trabalhar e foi o técnico que designei para dar início ao assentamento de colonos POP 4, que era um setor do PIC Ouro Preto que se iniciava nas terras do Seringal Riachuelo, da família Barroso, localizado entre Vila de Rondônia e o Estado de Mato Grosso.

O escritório do Incra foi localizado em terras cedidas pelo Sr. Clóvis Arraes onde hoje chama-se de esquina da 94!

Começamos a demarcar os lotes. E cadastrar os colonos que iam chegando. Só, então, o Salles iniciou o trabalho de seleção e assentamento.

Abrimos a 94 para dar acesso aos lotes que tinham sido demarcados nas linhas 72,74,78,82,86,90,94,98,102,106,110, 114 e 118 tendo como a base a linha 128 de hoje.

Nesse projeto o Salles demonstrou capacidade e espírito de liderança. Em razão disso, foi nomeado pelo Prefeito Valter Bártolo para administrar a Vila de Ouro Preto. Daí, o indiquei ao Governador Coronel Humberto Guedes para Administrar a Nova Ariquemes, que surgiu em decorrência da implantação dos projetos de assentamentos Marechal Dutra e Burareiro, por nós, a partir de 1975!

Com a criação do município de Ariquemes, ele foi nomeado Prefeito e, com a chegada do Teixeirão, continuou no mesmo cargo; daí saindo para ser eleito Deputado Federal, em 1982.

Foi reeleito em 1986 e, inclusive, foi constituinte pelo estado de Rondônia.

Posteriormente, foi eleito deputado estadual e, também, eleito prefeito de Ariquemes.

Portanto, o Salles teve uma trajetória técnica e política muito importante, em nosso Território e Estado de Rondônia, ao longo de quase 50 anos.

Merece ser homenageado com louvor, pois foi um pioneiro e desbravador dos primeiros tempos.

Cidadão do bem, humilde e amigo dos mais humildes; não manchou seu nome na corrupção e sempre foi um funcionário e administrador aplicado e competente!

Seu nome limpo e honrado merece estar inserido no panteão dos grandes vultos políticos e administrativos de nosso estado!

Desejo prestar essa homenagem e inclusive a seus familiares; esposa Malu, filhos Adriana, Maurício, Júnior e Andrea, por ser de justiça que assim se faça, pois desde os tempos mais difíceis esteve sempre presente nas lutas e nos ofícios para a criação deste hoje extraordinário e invejável Estado de Rondônia!

Fonte: noticiatudoaqui.com

Autor: Assis Canuto


 Comentários
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui