HILDON CHAVES – “Queriam me botar de joelhos. Tive coragem e enfrentei a máfia” | Noticias Tudo Aqui!

HILDON CHAVES – “Queriam me botar de joelhos. Tive coragem e enfrentei a máfia”

Compartilhe:
 

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, voltou a falar com exclusividade ao portal noticiastudoaqui.com, para contar à sociedade rondoniense, os desafios enfrentados e as realizações do seu governo. O que fez e o que está fazendo.

A entrevista completa é composta de duas partes. Nesta primeira, ele fala sobre política de pessoal, economia e combate à corrupção, e faz paralelo entre as estradas do município e do estado.

Mas o forte dessa primeira parte, é a exposição detalhada que faz da luta para resolver o problema do transporte escolar terrestre, em um município maior que estados brasileiros e até países. Um desafio que passou por todos os prefeitos sem uma solução definitiva. Veja o que ele diz:    

Transporte Escolar

- Enfrentei uma máfia que queria deixar o prefeito de joelhos.

- Transporte escolar é problema no país inteiro. Tem problema em estados como a Bahia, onde está quase todo parado, e até na Capital da República, Brasília. Estou seguindo outro caminho.

- Optamos pela compra de 146 ônibus escolares zero quilômetro. Estamos pagando R$ 36 milhões à vista, com recurso próprio.

- Serei o primeiro a receber os ônibus. Está empenhado. Sou o primeiro da fila.

- O transporte escolar é de responsabilidade concorrente: pode ser feito pelo município ou pelo o estado. Ou pelos dois.

Estradas

- O município de Porto Velho é maior que Sergipe, maior que a Bélgica!

- Eu tenho 7 mil quilômetros de estradas para cuidar, com orçamento de município. O governo do estado tem cerca de 10 mil quilômetros, com orçamento de governo de estado. Veja quanta diferença!

Política de pessoal

- Demos aumento real de 5% aos servidores. Isso, por que a prefeitura agora, tem solvência.

- Tem estados e muitos municípios que tem como pagar nem os salários

- Graças à economia com o trabalho de corte de gastos e combate à corrupção, temos conseguido atender aos nossos servidores.

- Somos solventes. Temos crédito.

Veja a 1ª parte da entrevista exclusiva ao noticiastudoaqui.com

Fonte: noticiastudoaqui.com


 Comentários
Noticias da Semana
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui