Confúcio: Se correr o bicho pega, se ficar... | Noticias Tudo Aqui!

Confúcio: Se correr o bicho pega, se ficar...

Compartilhe:
ColunistaDavid Casseb
Concorrer sob liminar ou perder o foro privilegiado?
O tabuleiro de xadrez da política do estado começa a tomar forma para que os lances de mate e xeque mate sejam montados. Com o anúncio de uma possível desistência (eu tenho outra opinião) do Governador Confúcio Moura em concorrer ao senado, continuando seu mandato até o final, o jogo sofre uma reviravolta que joga de volta outras peças importantes na partida.
Falando nisso, eu não acredito em altruísmo do governador. Com a decisão do STF sobre a Ficha Limpa, que inclusive derrubou a prefeita de Vilhena, Confúcio achou por bem não arriscar uma candidatura sub-júdice. Porém, existe outro fator que também está lhe tirando o sono: a perda do foro privilegiado.
 
Com a perda de foro, vários políticos que estavam enrolados com a justiça foram para a cadeia. E nosso governador tem pendências lá pelos lados do judiciário de Brasília. Daí a pergunta se ele realmente tem peito para manter-se no cargo até o final do ano e se haverá alguma “plateias” para render-lhe alguns apupos pelo meio do caminho.


A ressureição de Raupp
Apesar de um grande número de profetas políticos o julgarem enterrado, na coluna passada eu tinha dito que Valdir Raupp não está morto (metáfora política, claro), e que saberia os momentos certos para tomar fôlego e continuar na disputa. Com Confúcio fora da largada para o senado, Raupp retoma o importante espaço do MDB, que estava com fissuras por causa de Confúcio.


 
Maurão está rindo à tôa
Não havendo a disputa interna pela cadeira de senador, o partido agora deve concentrar esforços na candidatura de Maurão de Carvalho (MDB), que, apesar de todos os comentários desfavoráveis de que o partido, ou, diga-se melhor, um grupo do partido o trairia, vinha mantendo a cabeça erguida e entabulando suas parcerias pelo interior afora. Sem perder a esperança de governar Rondônia, Maurão continuou a buscar prefeitos, vereadores e simpatizantes nas mais distantes vilas.

Bosco da Federal
 
Ganhando espaço e adesões a cada dia, o Bosco da Federal está tomando gosto pela corrida a uma cadeira do senado federal por Rondônia. Pré-candidato ao senado pelo Podemos, do senador Álvaro Dias, Bosco promete passa a limpo a história política de Rondônia, já que, segundo ele, será um defensor intransigente de que os corruptos sejam banidos do poder e da sociedade.

 
Daniel corre solto
Segundo o próprio Daniel Pereira (PSB), caso o Governador Confúcio, realmente continue no cargo, ele não terá mais atrelamento nem responsabilidades políticas com o filósofo das barrancas do Madeira. Sendo assim, Daniel poderá até mesmo formar um bloco independente do MDB e, com apoio de Acir Gurgacz, lançar sua candidatura ao governo. Nome ele já tem o suficiente para a empreitada.

 Comentários
Dicas para te ajudar
TV Tudo Aqui